Menu


    TRÂNSITO: Cinto de segurança também é indispensável no banco de trás

    20 SET 2018
    20 de Setembro de 2018
    Quando você entra em um carro, normalmente uma das primeiras coisas que faz é colocar o cinto de segurança, correto? Mas responda com sinceridade: você também usa o cinto de segurança mesmo estando no banco de trás? Se sua resposta foi não, é melhor repensar sobre isso. Há mais de 20 anos é obrigatório usar o cinto de segurança, porém muitas pessoas continuam ignorando a importância desse item, principalmente no banco de trás. É o que explica o o diretor de Policiamento e Fiscalização de Trânsito do Departamento de Trânsito do Distrito Federal, Glauber Peixoto.   

      
    “Muitas pessoas, até mesmo alguns condutores não se preocupam como deveriam com um cinto de segurança no banco traseiro. Muitas vezes porque a fiscalização é mais difícil e em razão disso as pessoas ainda insistem em não utilizar o cinto. E isso é um problema muito sério, porque no caso de um acidente, de uma batida frontal, por exemplo, a pessoa sentada no banco traseiro pode causar lesões nas pessoas da frente, que estão com cinto, e até mesmo trazendo situação de lesões graves à pessoa, inclusive algum óbito”.

    De acordo com o Código de Trânsito Brasileiro, deixar de usar o cinto de segurança, seja no banco da frante ou no banco de trás,  é uma infração grave que prevê multa e a perda de cinco pontos na Carteira Nacional de Habilitação. Então fique atento à sua segurança e das pessoas que estão com você. 

      
     

      
    Reportagem, Janary Damacena. 
    Voltar



    Tenha também o seu site. É grátis!